AB Colinas realiza ação de saúde para caminhoneiros no Posto Rei da Castelo

Thursday, November 1, 2018


A AB Colinas, em parceria com o Posto Rei da Castelo e com a Repom, marca da Edenred Brasil pioneira na oferta de soluções para pagamento e recebimento de fretes e pedágios do transporte rodoviário de cargas, realizará uma nova edição do Caminhoneiro na Via, sua ação de saúde para caminhoneiros que conta com o apoio da Artesp (Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo). Ela acontecerá no dia 7 de novembro, das 10h às 16h, no Clube da Estrada Repom, que fica no Posto Rei da Castelo, no km 103 da Rodovia Presidente Castello Branco (SP-280), em Porto Feliz.

O Caminhoneiro na Via faz parte do Plano de Redução de Acidentes da concessionária e promove a saúde e o bem-estar dos caminhoneiros com a oferta de serviços gratuitos como aferição de pressão arterial, teste de glicemia, teste de acuidade visual e distribuição de material informativo sobre boas práticas no trânsito. Nesta edição especial, a AB Colinas terá como parceiros, além da Repom e do Posto Rei da Castelo, a São Francisco Resgate, o Banco de Olhos de Sorocaba (BOS), Sest/Senat de Sorocaba e a Maggi Caminhões.

Estas atividades serão somadas a toda a estrutura já existente no Clube da Estrada Repom, que conta com serviços como barbearia, enfermaria, internet, área de descanso e lazer com TV e sala de jogos, entre outros.

Atualmente, são 12 unidades do Clube da Estrada Repom, presentes em localidades estratégicas para os caminhoneiros de todo o País. Em cada espaço, há sempre uma equipe de atendimento e apoio, com todo o merecido acolhimento e cuidado de que o caminhoneiro precisa. O Clube da Estrada Repom é uma das iniciativas pioneiras da Repom, que tem o apoio de postos de combustíveis e está aberta para parcerias com empresas que desejarem fazer parte do projeto e gerar relacionamento com seus públicos de interesse.  

Cenário

Segundo dados do Ministério das Cidades, com uma frota correspondente a 3,1% dos 77,8 milhões de veículos registrados no país, os caminhões estão envolvidos em 21% dos acidentes com mortes. Motoristas que dirigem de forma imprudente, exaustos, sonolentos, sob o efeito de tóxicos ou álcool são os responsáveis pela maioria dos acidentes de trânsito.