Motociclistas recebem ação de segurança viária nesta terça em Indaiatuba

Tuesday, October 10, 2017


Os motociclistas que percorrem a Rodovia Santos Dumont (SP-075), terão uma nova oportunidade para participar do Motociclista na Via, ação de segurança viária realizada pela AB Colinas em parceria com a Artesp (Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo). Ela acontece nesta terça-feira, dia 10, entre 15h e 17h, na base da Polícia Militar Rodoviária do km 61 da Rodovia Santos Dumont (SP-075), em Indaiatuba.

A campanha faz parte do Plano de Redução de Acidentes (PRA) da concessionária e seu objetivo é alertar e orientar os motociclistas sobre os cuidados e atitudes seguras quando estão na direção de uma motocicleta. Nela, equipes da concessionária realizarão a colagem de refletivos nos capacetes, instalação de antenas corta-pipa, troca de lâmpadas e farão orientação de segurança com entrega de panfletos educativos. A campanha tem o apoio da Polícia Militar Rodoviária.

As ações de conscientização frequentemente realizadas pela concessionária são umas das responsáveis pela queda no número de acidentes envolvendo motocicletas no trecho de Indaiatuba e Campinas da Rodovia Santos Dumont (SP-075), com uma redução de 14%, se comparado o primeiro semestre de 2017 com o mesmo período de 2016.

Frota

O aumento do número de motocicletas que circulam pela região de Campinas e Indaiatuba é notório. De acordo com dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), em 10 anos, a frota de motocicletas teve um aumento de 161%, passando de 122 mil para 318 mil. Da quantidade de motocicletas que circulam por toda a extensão da SP-075, o trecho de Indaiatuba recebe a maior concentração delas, com 71% do total.

Estes dados, somados à característica de trânsito do trecho de Indaiatuba e Campinas, que é basicamente urbano, contribuem para que as motocicletas estejam entre os veículos mais envolvidos em acidentes na SP-075. Mesmo representando apenas 10% do fluxo de veículos que a rodovia recebe, as motos estão envolvidas em 30% dos acidentes registrados no primeiro semestre deste ano.