AB Colinas realiza Educação na Via e Usuário na Via em Salto dia 5

Tuesday, March 3, 2020


A AB Colinas realiza na próxima quinta-feira, dia 5, na cidade de Salto, duas campanhas de segurança viária, em parceria com a Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo), que fazem parte do Programa de Redução de Acidentes (PRA) da concessionária.

Na Escola de Educação Profissional Humanidade (Guardinha), que fica na Rua Wiston Churchil, nº 416, Bairro Bela Vista, a concessionária realiza, a partir das 8h, as campanhas Educação na Via e Usuário na Via.

Durante o Educação na Via, os alunos da escola vão assistir uma palestra educativa, participar de uma gincana e ainda utilizar o óculos simulador de embriaguez, aparelho que mostra para as pessoas o efeito nocivo do álcool durante a direção.

Logo na sequência acontece o Usuário na Via onde, além de utilizarem o óculos simulador de embriaguez, os estudantes também poderão usar o Rodovirtua, óculos 3D da Artesp que apresenta situações cotidianas do trânsito onde o fator humano pode ser preponderante para ocasionar acidentes.

O PRA da AB Colinas tem como objetivo levar a conscientização do trânsito para além das rodovias, em empresas, escolas e associações por meio de palestras sobre segurança no trânsito. A finalidade desses encontros é conscientizar as pessoas que utilizam diariamente as rodovias a serem multiplicadores de boas práticas para um trânsito mais seguro.

Segundo o último levantamento de dados apresentado pelo Infosiga, sistema do programa Respeito à Vida do Governo do Estado de São Paulo, referente ao ano de 2019, o número de pedestres vítimas fatais em decorrência de acidentes de trânsito apresentou redução de 4,5% na comparação com o ano anterior. Em 2019 foram registrados 1.397 casos contra 1.463 em 2018.

O estudo apresentado pelo Governo do Estado também mostra que uma em cada três vítimas de atropelamento tem mais de 60 anos. Outro dado importante revelou que 58,6% dos casos acontecem no período da noite e nos finais de semana (41%).

Ainda sobre os atropelamentos, esse é o tipo de ocorrência que mais faz vítimas mulheres, onde 33,9% dos óbitos envolvem pedestres do sexo feminino.

De acordo com o levantamento do Infosiga, os motociclistas seguem liderando as estatísticas de vitimas fatais no trânsito. No ano passado, 35,2% dos óbitos vitimaram condutores ou passageiros de motocicletas. Os pedestres aparecerem em segundo com 25,7%, ocupantes de automóveis estão em terceiro com 25,5% e ciclistas somaram 7,4%. Outros tipos de vítimas representam 6,2%.